Nesse artigo, reunimos os principais termos usados nos serviços de localização indoor, com seus respectivos significados, para facilitar a compreensão dos nossos clientes. São eles:

1) Soluções Baseadas em Localização

1.1 Amazing Maps

Os Amazing Maps são mapas especiais da Zapt Tech, que orientam pedestres de modo eficiente em espaços cobertos, privados ou turísticos, engajando, otimizando o tempo e melhorando a experiência de clientes, turistas e colaboradores. Clique aqui para saber mais!

1.2 Mapas Indoor/Outdoor

Mapas Indoor, são mapas para ajudar pessoas a se localizarem e se locomover dentro de espaços fechados, permitindo a transição do usuário para ambientes externos(outdoor). Ou seja, o mapa digital continua a guiar o pedestre quando ele entra ou sai de ambientes internos.

1.3 Indoor Mapping / Mapeamento Interno

O Mapeamento Interno transforma plantas baixas em uma interface digital interativa do ambiente, para facilitar o acesso de clientes e visitantes, por meio de um mapa com rotas wayfinding. O mapeamento interno também é usado para apoiar serviços baseados em localização, como rastreamento e monitoramento de ativos e pessoas.

1.4 PoIs / Points of Interests / Pontos de Interesse

Pontos de Interesse representam espaços físicos relevantes para os usuários dos mapas digitais. Eles apontam a localização específica de um lugar no mapa. Por exemplo, se você for a um shopping e gostar de uma loja em particular, é possível marcar aquele estabelecimento, como um ponto de interesse no mapa.

1.5 Blue Dot

Blue Dot se refere ao ponto azul que aparece no mapa para indicar a posição do usuário em tempo real, quando usamos por exemplo um sistema de localização como GPS ou IPS. Na navegação interna, ou seja para nos localizarmos dentro de ambientes cobertos, o Blue Dot funciona da mesma forma, mostrando a nossa localização em tempo real no mapa para ambientes indoor e nos acompanhando à medida que nos locomovemos dentro dos espaços.

1.6 Wayfinding

Wayfinding é uma orientação imediata através de mapas, que guiam e conduzem pessoas até o local desejado. Quando você abre o Google Maps, por exemplo, e uma rota é traçada até o local de destino, o trajeto apontado é o que chamamos de wayfinding. No sistema de localização indoor, o wayfinding é um recurso que fornece a localização precisa e em tempo real, para mostrar onde o usuário está, em relação a onde gostaria de chegar.

1.7 RTLS

Os Sistemas de Localização em Tempo Real ou RTLS, permitem que equipamentos como veículos, ativos e pessoas sejam rastreados e monitorados em tempo real. As principais tecnologias de RTLS são o Bluetooth Low Energy, Zigbee, RFID, Wi-fi e UWB.

1.8 IPS – Indoor Positioning System/ Sistema de Posicionamento Interno

O Sistema de Posicionamento Interno, como o próprio nome sugere, se trata de um sistema capaz de processar sinais captados pelos nossos smartphones ou por outros dispositivos smart, para calcular a localização em tempo real de pessoas e objetos, dentro de locais internos. Exemplos de sinais que podem ser utilizados são Bluetooth Low Energy, Wi-Fi e UWB. Para otimizar aspectos como acurácia e estabilidade, são usados outros recursos como acelerômetro, giroscópio e bússola. 

1.9 Indoor Positioning / Posicionamento Interno

Posicionamento Interno é o mesmo que Localização Indoor. Ambos os termos se referem a solução que localiza pessoas e objetos dentro de um ambiente interno, como hospitais e aeroportos, como se fosse um GPS. O Global Positioning System (GPS) não atravessa alvenarias e estruturas metálicas, sendo inúteis em ambientes cobertos. Já o Posicionamento Indoor é capaz de localizar com precisão a posição de uma pessoa/objeto dentro desses locais.

1.10 Localização Indoor

Localização Indoor é a solução que se propõe a localizar pessoas e objetos dentro de ambientes internos, como shoppings, prédios e etc. Dessa forma a localização Indoor funciona como um GPS para locais cobertos.

1.11 GPS Indoor

GPS Indoor é o mesmo que Posicionamento Interno ou localização indoor. Essa tecnologia se propõe a localizar pessoas e ativos dentro de espaços internos, como shoppings ou indústrias, de forma similar ao GPS. Através dos mapas indoor, é possível traçar rotas do ponto em que se encontra, até o destino final, em tempo real.

1.12 Indoor Navigation / Navegação Interna

Navegação Interna é um termo utilizado para se referir ao sistema de navegação exclusivamente desenvolvido para ambientes internos, como o interior de prédios e shoppings. Através do GPS Indoor, por exemplo, é possível navegar, ou seja, se locomover nesses espaços de forma autônoma e precisa. Por meio de um aplicativo que combina Wayfinding com o Sistema de Navegação Indoor, o visitante coloca o lugar em que deseja ir, e o aplicativo traça uma rota de acesso do ponto em que ele se encontra até o destino final.

1.13 Geofencing/ Geocerca



Geofencing é um serviço baseado em localização, no qual uma área é delimitada virtualmente para que uma ação seja disparada sempre que for identificado um smartphone na zona delimitada. Dependendo de como a geo cerca está configurada, ela pode enviar notificações push contendo textos promocionais, entre outras ações de marketing, ou serem usadas para monitorar a segurança dos colaboradores, enviando sinais de alertas.

1.14 Marketing de Proximidade



Marketing de proximidade é um serviço baseado em localização indoor, usado para melhorar a estratégia de comunicação de determinado segmento. Uma área é delimitada com sensores beacons, por exemplo, e, sempre que um smartphone se aproximar da zona marcada, receberá notificações com conteúdos promocionais. Esse recurso é comumente usado nas portas das lojas.

1.15 Asset Tracking / Rastreamento de Ativos

Asset tracking é uma solução de rastreamento de ativos. Ela localiza em tempo real equipamentos, veículos e infraestrutura em geral. Para isso, são usadas etiquetas RFID, Qr codes ou tags Bluetooth Low Energy que atribuem a cada ativo um código de identificação único. Dessa forma é possível rastreá-los e monitorá-los em tempo real. Esse recurso pode ser usado dentro de grandes indústrias ou pequenas empresas para controlar estoques e monitorar a cadeia de produção.

1.16 People Tracking – Rastreamento de Pessoas

People Tracking é um sistema de rastreamento de pessoas. Com essa solução é possível monitorar funcionários por zonas determinadas, identificando sua localização em tempo real. Esse recurso aumenta a segurança no local de trabalho, apontando funcionários em áreas de risco e até mesmo auxiliando na produtividade da equipe. O rastreamento é feito através de dispositivos wearable, como um crachás, por exemplo, que ajudam a localizar as pessoas em tempo real.

1.17 Audioguia e Visita Guiada

Audioguia é uma funcionalidade nos dispositivos eletrônicos e digitais que permite a descrição de uma rota ou de passeios turísticos (entre outras possibilidades) com recursos de voz. Esse recurso é bem parecido com a voz que narra os comandos dos GPS, em geral, por exemplo.

Visita guiada é um recurso que os aplicativos de localização indoor oferecem, com objetivo de guiar o visitante de um museu, por exemplo, por dentro do local. Através da infraestrutura de beacons, quando o usuário se aproxima das obras, recebe um conteúdo multimídia no seu smartphone, contendo informações narradas por voz. Essa funcionalidade também promove a acessibilidade para pessoas com deficiências visuais e auditivas.

1.18 Portal/Dashboard

É o sistema de gestão de todo mapeamento indoor e de localização indoor da plataforma Zapt Tech

2) Canais de distribuição

2.1 Web App Responsivo

Web app são sites responsivos que se comportam como aplicativos. Essa alternativa é uma boa saída para contornar problemas de adoção e barreiras de instalação. Você pode ler mais sobre isso no nosso artigo sobre aplicativos.
Sistema Responsivo é um termo que se refere à capacidade dele se adaptar a diferentes tamanhos de telas de dispositivos.

2.2 QR Code


O código de resposta imediata, mais conhecido como QR Code, é uma evolução do código de barras, contendo muito mais informações. Esse código bidimensional pode ser lido por qualquer dispositivo móvel com câmeras e um leitor de QR Code. É usado para transmitir informações, podendo ser utilizado em diferentes áreas como indústrias e ações de marketing por exemplo, contendo textos, links e localização.Na plataforma Zapt Tech, utilizamos QR Codes para inicializar Mapas e Localização Indoor.

2.3 SDK e Apps

Software Development Kit ou Kit de Desenvolvimento de Software, é um conjunto de ferramentas que ajudam os desenvolvedores de software a criarem aplicativos com funcionalidades complexas, como anúncios e notificações push. Esse kit de ferramentas otimiza o tempo e o gasto que envolve o desenvolvimento do aplicativo, pois já vem com algumas linhas de código pré formatadas. Assim, o desenvolvedor não precisará codificar todas as funcionalidades do princípio.

2.4 Totens

Totens são painéis digitais fixados em um local, como shoppings, por exemplo. Eles possuem um mapa interativo do local, permitindo que os visitantes pesquisem pelo ponto de interesse e visualizem uma rota até o destino final. Esses painéis se utilizam do touchscreen e podem ser usados para realizar tarefas como pagar o estacionamento.

3) Indicadores de Visitação

3.1 Inteligência de Dados

Inteligência de dados é o nome dado a todo processo de coleta e organiza informações, para que sejam posteriormente analisadas e interpretadas para auxiliar no processo de tomada de decisões mais assertivas, dentro das empresas.

3.2 Heatmaps / Mapas de Calor



Mapas de calor são indicadores que medem a atividade do usuário. Por exemplo, se você é um gestor de supermercado, pode saber quais são os corredores mais movimentados e quais as prateleiras mais acessadas. Dessa forma, é possível reorganizar os espaços de maneira eficaz e distribuir melhor os produtos, com base no comportamento dos clientes.

Infraestrutura de Localização

3.3 BLE – Bluetooth Low Energy/ Bluetooth de Baixa Energia

O Bluetooth Low Energy é um tipo especial de bluetooth que foi desenvolvido para consumir menos energia. Atualmente já temos vários equipamentos que se conectam a dispositivos sem fio, e a tendência é que esse número aumente. Por isso, em 2010 o BLE passou a ser implementado de forma geral nos smartphones e outros dispositivos como o smartwatch e fones de ouvido sem fio.

3.4 UWB

Ultra Wide Band ou Banda Ultra Larga é uma tecnologia que emprega pulsos eletromagnéticos para se comunicar via rádio, assim como o Bluetooth e o Wi-fi. Essa solução tem como objetivo a troca de dados com mais rapidez entre dois dispositivos móveis. Confira nosso artigo completo sobre o tema.

3.4 Beacons

Beacons são pequenos dispositivos emissores de sinal BLE (Bluetooth Low Energy), que funcionam como geolocalizadores para ambientes internos. Eles identificam dispositivos smart dentro de um determinado raio e são capazes de se comunicar com aparelhos inteligentes, realizando ações, tais como, enviar notificações de promoções ao smartphone do cliente.

3.5 Gateways



Dispositivos de IoT, que se comunicam com a plataforma Zapt Tech, quando estão monitorando sinais BLE (Bluetooth Low Energy), para calcular a localização de ativos e pessoas.

3.6 Zigbee

Zigbee é o nome dado ao protocolo de desenvolvimento para a comunicação em ambientes inteligentes. Essa tecnologia se assemelha ao Wi-Fi por se tratar de uma solução sem fio que cria uma rede de conexões. Ele funciona em uma frequência mais baixa, capaz de alcançar distâncias maiores dentro dos ambientes, para conectar dispositivos e enviar informações. Essa alternativa ao Wi-fi traz benefícios como baixo custo e alta escalabilidade.

3.7 RFID

RFID  é uma tecnologia de Identificação por Rádio Frequência que pode ser acoplada a tags ou etiquetas, que possibilitam a identificação individual de pessoas e objetos.

3.8 Sensores Inerciais

A maioria dos smartphones vem com os chamados sensores inerciais. Eles identificam o movimento e o sentido para o qual o indivíduo se desloca através do acelerômetro que mede a aceleração linear na direção de um eixo e do giroscópio, que mede a velocidade angular em torno do eixo. Assim, é possível saber quando o usuário se movimenta e em qual direção está indo. Para que os sensores reconheçam o início do movimento, é preciso um ponto de partida, sendo usado na maioria das vezes um QR Code, para desempenhar essa função. Clique aqui para saber mais.

3.9 Dispositivos Wearable

Dispositivos Wearable são todos os dispositivos tecnológicos, que podem ser “vestidos” ou usados como acessórios. Como por exemplo smartwatches ou crachás com beacons.

3.10 Wi-Fi via Cisco CMX

CMX é uma sigla para Connected Mobile Experience ( Experiência móvel conectada) que calcula a localização do cliente através de seu smartphone, usando a infraestrutura sem fio disponível ( Beacons, Wi-fi ou Bluetooth), com base na proximidade, ou nas coordenadas através dos mapas. Dessa forma é possível reconhecer a localização do usuário e fornecer serviços relevantes aos clientes em seus smartphones. 

4) Algoritmo de Localização

4.1 Fingerprinting

Essa técnica consiste em determinar a posição dos indivíduos através da impressão digital com características correspondentes dos sinais RSSI (Indicação de Intensidade do Sinal) e endereço MAC (Controle de Acesso de Mídia).

4.2 Triangulação

Os sistemas de localização indoor usam diferentes técnicas para estimar a localização dos dispositivos móveis e uma delas é a triangulação. A triangulação utiliza cálculos geométricos para indicar a posição estimada do objeto. Ela pode ser dividida em duas etapas para medir a distância: a latência e angulação. O cálculo baseia-se  na subdivisão de uma superfície em triângulos. Assim, é possível estimar a posição do dispositivo.

4.3 Trilateração

Outra técnica usada para estimar a posição de uma pessoa ou objeto é a 

Trilateração. Neste caso, a unidade de medida é a distância. A partir dessas distâncias é possível calcular os ângulos, chegando a localização precisa do objeto final.

5) Tendências Tecnológicas

5.1 IoT – Internet of Things/Internet das Coisas

Internet das Coisas é uma reunião de tecnologias que conectam objetos na rede Wi-Fi ou Bluetooth, se comunicando entre si, processando e trocando dados. Exemplos cotidianos da IoT seriam os smartwatches que monitoram a localização e até os passos dados pelo usuário, assim como os smartphones e lâmpadas inteligentes. Outras menos usuais seriam fechaduras smart, que são controladas digitalmente e automóveis inteligentes que dispensam motoristas. 

5.2 Phygital



Phygital é a junção de duas palavras (físico e digital), para explicar a interseção do mundo offline com o online. Hoje em dia, objetos simples do dia a dia estão conectados à internet, como por exemplo smartwatch e lâmpadas inteligentes. Essa integração entre o físico e o digital tem diversas implicações no varejo e no marketing. 

5.3 Customer Experience/ Experiência do Cliente


Experiência do cliente é toda ação pensada para melhorar a interação do usuário com a marca, serviço ou produto. Os serviços de localização Indoor, por exemplo, são uma ótima maneira de elevar a experiência do cliente, pois facilitam e auxiliam a sua visitação no lugar.1.

Gostou?
Entre em contato conosco através do email contato@zapt.tech e conecte-se conosco no Linkedin e Instagram

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *